terça-feira, março 20, 2007

František Kupka


Este pintor checo viveu em dois séculos fundamentais na pintura, e a sua carreira soube acompanhar essas mudanças. No Prado estavam expostas duas pinturas uma ainda "próxima" do século XIX, outra mais século XX, e não muito distante deste Macchina Comica, de 1928.

Esta composição relembra inclusive a de Juan Gris pela disposição visual... sinais dos tempos.

Sem comentários: