sexta-feira, dezembro 07, 2007

Portugal visto da França

"Os portugueses são mais sarkozistas que Sarkozy"

O título deste artigo é plagiado literalmente de uma revista francesa, Capital, que na sua edição de Dezembro compara o plano de reformas do Presidente francês, Nicolas Sarkozy, com o do primeiro-ministro José Socrates. A jornalista Sandrine Trouvelot considera o primeiro titubeante e o segundo determinado e votado ao sucesso.

Estabelecendo um paralelo entre uma situação de "pré-catástrofe" económica dos dois países, a jornalista francesa diz: "Só uma diferença: enquanto Nicolas Sarkozy hesita ainda proceder à 'ruptura', Sócrates avançou para ela com sucesso." Diz ainda que, "ao contrário de Sarkozy, muito marcado pelo liberalismo, José Sócrates goza de uma imagem social-democrata, que facilita evidentemente a tarefa junto das organizações dos trabalhadores". Aliás, considera a Capital que um dos segredos do líder do Governo português foi a boa aceitação pelos sindicatos da "profunda reforma" da administração pública.

A jornalista destaca das reformas socráticas, a supressão de 1307 serviços administrativos; a entrada de apenas um funcionário no Estado por dois que se reformaram; o congelamento durante dois anos dos salários da administração pública. A revista francesa também elogiou o espírito imaginativo de Sócrates e exemplificou com a criação do balcão "perdi a carteira" no âmbito do programa Simplex.

DN, 7 dez 2007

Sem comentários: