segunda-feira, maio 12, 2008

Diário de bordo (continuação)

23 Março – 6 Abril
Nada a assinalar. Corbeil, Brunoy durante a semana. Couscous ao fim de semana. Ressalva apenas para o couscous de 4 de Abril que foi o último que reuniu todo o Brian’s gang.
7 Abril
Acordar com neve em Combs… Demorou mas sempre a apanhei… por isso meio-mundo parecia o mundo-das-crianças. Dia de aniversário Mário. Tive aulas como sempre no dia que a chama olímpica foi apagada em Paris. Jantarada no Churrasquo com pudim de anos à mistura e muitos livros e poemas.
8 e 9 Abril
Nada a assinalar.
10 Abril
Lobo Antunes em Paris, na Gulbenkian. Ver o meu post sobre a sua conferência. Final de tarde no português da Kleber a ver o Sporting na Uefa.
11 Abril
Rota dos restaurantes tugas em Paris e Benfica no Churrasquo.
12 – 13 Abril
Nada a assinalar.
14 Abril
Gravações em Paris para um cd de português. Almoço no meio de uma chuvada inarrável. Mais canções à tarde… afina a garganta, meu cantor. Copos com JonJon (amigo Johny) que esteve em Paris para fazer investigação durante 3 semanas. Mais copos e copos a terminarem numa longa promenade por Paris (Mouftard – Chatêlet).
15 Abril
Brunoy e descanso.
16 Abril
Aulas em Corbeil. Buscar malas a casa, deixa-las na Ana. Ir ver o Sporting-Benfica da taça. Desiludir. Álcool. Despedidas. Mal dormir.
17 Abril
Noctilien. Check-in. Avião. Porto. Metro. Campanhã. Almoço barato. Viagem bonita. Cerveira. Passeio. Luís. Festa. Jantar. Marlene. Peça do Luís.”Auto da Paixão”. Gostar. Casa do Luís. Jogar. Conversar. Dormir.
18 Abril
Partir de Coura ao início da tarde e chegar ao início da noite. Estar a sós com a Susana… Chegar a casa e festa. Estar com os pais. Descansar… Apreciar…
19 Abril
Passar o dia com a Susana. Jantar no café dos teatros e ver a peça do Bando “Em brasa”, no S. Luiz. Ficar um pouco no Jardim de Inverno. Bairrar.
20 Abril
Relax… Aproveitar o domingo… que saudades… Regressar ao Vai Tu e Marítimo para ver o Benfica. Levar banho de bola. Ver o túnel do Rossio com Vasco e Márcia.
21 Abril
Almoço Entrecote com os pais. Passeio pela Baixa e Chiado até a Susana regressar do Bando.
22 Abril
Praia Grande. Que saudades do mar, da areia, da Susana. Respiro fundo… Reencontrar o André Santos. Jantar no Casanova. Ah! O Tejo, as pizzas, a Susana. Respiro fundo… Lisboa!
23 Abril
Acordar com vista para o Tejo. Tarde em Palmela com a Julieta enquanto a Susana está no Bando. Regresso pela ponte… que belo Tejo.
24 Abril
Passar o dia com a Susana. Jantar aniversário André Paiva. Bairro Alto. Cachupa. Regressar de manhã com o Mário. Hora de acordar.
25 Abril
Acordar tarde. Pudera! Almoço com os pais e vizinha. Descer avenida da Liberdade com André e Márcia. Tirar fotos para arquivo e alunos. Jantar com a Susana. 25 Abril SEMPRE!
26 Abril
A custo sai-se da cama… da minha cama… até daqui a 2 meses… Preparar últimas coisas. Despedir Mário, Vasco… Susana. Partida do Oriente, com algum atraso premeditado. Chegada ao Porto. Arranjar pensão barata (20 euros). Mesmo em Campanha. Homem simpático. Ir ter à praça da Republica com o André. Jantar à borla. Não ver concerto de Easy Star all Star à borla. Levar músicos a comer depois do concerto. Ir para o quarto de hotel por duas horas a pensar no que seria conseguir dormir. Último dia em Portugal… já dói.
27 Abril
Levantar. Esperar muito pelo metro. Ter o coração nas mãos a ver que se perde o avião. Ser o último do check-in. Apanhar o avião. Rever amigos. Alugar carro na Avis a um jovem português que fez desconto. E viagem de 8 horas. Mesmo com mapas a saída de Paris é impossível. Paragens no caminho para aproveitar e apreciar o verde da Bretanha. Chegar ao nosso nicho. Nada de especial, mas apesar de tudo é a nossa toca.
28 Abril
Almoço em Dol-Bretanhe. Compras. Ver-o-mar. Passeio até St-Malo. Terra conhecida. Terra bonita. Grande tempestade… E fica-se sem electricidade.
29 Abril
St-Michel. Flop. Terra para turista ver… Nada de especial a não ser lojas de souvenirs…
30 Abril
Regresso a St-Malo. Passámos o rio mas pelo contrário Dinard é menos engraçada. Uma espécie de Peniche … Depois descemos pelo rio abaixo até Dinan. Aldeia medieval, com as suas tradições cravadas em cada prédio antigo. A grande surpresa da viagem. Também é verdade que as pré-saudades da viagem moldaram a vista…
1 Maio
Viagem de regresso da Bretanha. Bastante mais rápida do que a ida. Despedida emotiva do Mário… até já… Jantar também de despedida em casa do JonJon.
2 Maio
Dia calmo a recuperar das duas viagens. Limpar a casa. Ir ao couscous e regressar cedo.
3 e 4 de Maio
Jantar de aniversário do Kevin (18 anos). Goretti & família alugaram um armazém para a festa. O ambiente foi indescritível. A concretização e a materialização de todo um imaginário da festa portuguesa (música, churrasco, dança, álcool, etc) teve lugar nesses dois dias. Como num casamento cigano houve festa enquanto houvesse comida… e as balanças falaram nos dias seguintes…
5 Maio
Segurança Social em Savigny-le-Temple. Sendo uma cidade mais recente e mais pobre que Combs-la-Ville, isso notava-se nos jovens e idosos que vagueavam sem destino pelas ruas… E como França não é diferente de Portugal a burocracia pediu-me para voltar mais uma vez à segurança social.
6 Maio
Combs. Aniversário do Anthony à noite…
7 Maio
Corbeil bem cedo. Aulas, mais aulas e uma conversa mais desagradável com a proviseur… Depois das aulas fui ao Banco resolver uma situação pendente. Jantar simpático com a Ana no Ogre aux Plumes. Fiquei a saber que a Ana e a Madalena devem vir a Paris durante a festa da música.
8 Maio
Depois de uma longa e bem dormida noite… acordei em grande. Fomos picnicar com milhares de parisienses ao Bois de Vincennes. Priceless. Em plena Paris havia pessoal em bikini, com bronzeadores, viagens de barco com remos que mais pareciam uma agência de viagens multicultural. Uma tarde singular!
9 Maio
Corbeil. Conversa com o M. Odokine. Bastante mais simpático e compreensivo que a sub-alterna. Tudo resolvido. Depois não tive alunos na primeira aula e só uma breve meia-hora com os do 6º2. Depois entrei no autocarro errado e fui parar ao bairro complicado de Corbeil. Desci por Tarterets a pé… sem stresses… excepto o facto de ter ido parar ao cemitério. Lá consegui apanhar o comboio para Paris… Exposição Traces du sacré no G. Pompidou. E jantar no couscous.
10 Maio
Manifestação pró-tibete… descanso no Champs-de-Mars. Ida ao couscous mas sem jantar… pois jogava o PSG. Crepe na Oberkampf.
11 Maio
Passeio durante 4 horas a pé: R. de Rennes, Luxembourg, Gay Lussac, Mouftard, Gobbellins, Place d’Italie, Bercy, Ville de Charenton… e restaurante Churrasquo para ver a despedida do Rui Costa.
12 Maio
João – homme de ménage…

Sem comentários: