domingo, junho 15, 2008

o Euro por cá

Grupo C

Itália – Roménia 1-1
A Itália entrou a todo o gás neste jogo com uma equipa bem mais atacante do que com a Holanda. Aos 12 minutos já contava com três lances bem perigosos, e em todos eles havia Del Piero. Por outro lado após esse início forte da selecção italiana foi Buffon que aos 13 e 17 evitou o golo romeno. Aos 19 Chivu bateu bem um livre e Panucci desviou a bola para o poste mais distante com Buffon já batido. Aos 29 Camaronesi centra a bola para a equipa de Toni que a coloca milimetricamente… ao lado do poste. Dez minutos depois foi Lobont que safou uma bola que dizia golo. Já nos descontos destaque para um golo muito mal assinalado a Luca Toni que daria uma vantagem bem útil a italianos.
Na segunda metade a selecção italiana entrou pressionante a dificultar as saídas para o contra-ataque romeno. Até que aos 54 minutos um livre a meio do meio-campo defensivo romeno resultou num belo golo de Mutu após assistência primorosa de Zambrotta. No entanto, no lance seguinte Panucci empata. Aos 58, 68, 69 e 70 lances de enorme perigo e grandes defesas de Buffon, por outro lado lances de perigo italianos aos 62, 74 e 77. Este jogo teve, portanto, bastante emoção e muitos lances de perigo sobretudo porque mostrou uma Roménia mais ofensiva que no jogo anterior e que podia mesmo ter chegado à vitória aquando do penalty aos 84… Buffon manteve a Itália no Euro.

França – Holanda 1-4
Depois de ter visto os franceses rejubilarem com o empate da Itália, sobretudo com o facto de se não houvesse Buffon o Euro tinha terminado para a Squadra Azurra foi com alguma pena que fui para um concerto no Institut de Monde Árabe. Após o concerto ainda tive tempo para ver a máquina holandesa meter mais um golo na fraquinha França. Os últimos dez minutos deram muitos ataques franceses mas pouca eficácia sobretudo em comparação com a Holanda e com o mortal Sneijder… que golo… provavelmente o melhor do Euro até ao momento.

Sem comentários: