domingo, abril 12, 2009

Forgiveness, is it a tender word?

No perdão,
há uma crença que vê o oposto da vingança.
Na desculpa,
há uma desresponsabilização de ser. Alguém.
E se nada é para sempre, se nenhum crime é eterno, nenhuma punição durável, porque há o perdão de ser intemporal e transversal?
Salvação,
o mito feito justificação. Para tudo. e Nada.
Quando assumes aquela porta
que entreaberta
deixa a luz entrar,
não há salvação nem caminho de perdão
não há outras leituras nem há credos,
nem mesmo esperanças.
Há apenas uma porta entreaberta. que pode facilmente
ser fechada.
com o abrir de uma janela.

Sem comentários: