sábado, maio 02, 2009

VERGONHA

Hoje tenho vergonha! Tanto de um país democrático onde se é agredido sem razão aparente como dos comentários que se seguem a esta situação.

Vital Moreira considera que os insultos e as agressões de que foi alvo esta tarde, depois de ter cumprimentado a direcção da CGTP, no Martim Moniz, configuram um acto de “animosidade contra um antigo militante do PCP que não enjeita o seu percurso político, mas também não renuncia às circunstâncias” que levaram ao seu abandono do partido.

Em declarações ao PÚBLICO, o cabeça de lista do PS às eleições europeias afirmou ter sido alvo de “sectarismo e intolerância”, salientando que a situação tem uma “clara leitura política”. “É uma das tragédias em Portugal esta do sectarismo, de utilizar as vias de facto. Acções destas não prestigiam as forças políticas a que aquelas criaturas pertencem”, disse, escusando-se a explicitar a que “forças políticas” se referia. E prosseguiu: “Acções destas não prestigiam a Intersindical, que não é propriedade do PCP, e também desprestigiam o 1º de Maio.”

Ouvido pela SIC Notícias, Vital Moreira disse ainda que só podia “deplorar estes desacatos” que, em seu entender, “degradam o sindicalismo e degradam o 1º de Maio”. E acrescentou: “Há partidos que julgam que são proprietários das pessoas, mesmo que elas tenham saído há mais de 20 anos, como eu.”

O secretário-geral do PCP não quis comentar as agressões e os insultos a Vital Moreira, alegando que não viu o incidente. “Não vou comentar aquilo que não vi”, disse, citado pela Lusa.

in Público

É muito grave que numa festa da liberdade de expressão e dos direitos dos trabalhadores como o 1º de Maio alguém tenha um gesto ignóbil daqueles.Felizmente não foi muito violento fisicamente, mas podemos sempre especular como teria acabado se não tivesse havido intervenção de outros populares. E nem eram do PS, eram apenas pessoas conscientes (link). Porque toda esta situação é bem superior aos partidos. A culpa não é do partido B ou C. A culpa é de uma clara desresponsabilização moral existente e de alguma comunicação social que incendeia conscientemente os seus espectadores com o intuito de promover situações de conflituosidade social e politica... para depois recolher os divendos jornalisticos.
São estes mesmos espectadores que perdem horas a comentar noticias nos jornais dizendo que tudo isto são maquinarias do PS... Agora que, supostamente, vão perder as eleições. Sim, o mesmo PS que foi responsável pelas agressões a Soares, Assis, etc... Sim, claro que foi.
Triste país onde não se percebe que a democracia não existe para se desancar no próximo. A democracia existe para que existe um próximo. A democracia existe para que possam perder horas a comentar noticias ou a pensar em slogans ofensivos para a próxima manifestação.
Vamos ter esperança... Isto há de melhorar... mas não é através do partido A ou D, é através do trabalho de cada um de nós no seu dia-a-dia. Pensar Global, Agir Local.

2 comentários:

Me, Ren and Stimpy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Me, Ren and Stimpy disse...

Concordo, que posso dizer, concordo! Com o quê? Não sei bem mas estará algures entre a vergonha que sentes com este tipo de actos e a vergonha que infelizmente acrescento sobre o aproveitamento político desta situação. Quer pelo PS, quer pelos demais. Como é triste também ver a constante falta de informação sobre as eleições Europeias e a importância destas no panorama nacional e internacional. Os ataques mútuos sobre situações passadas, sem uma, mesmo que breve, explicação sobre posições futuras. Envergonha-me a minha própria apatia e da maioria dos portugueses face a esta escassez de informação de quem nos representa, ou irá representar no parlamento europeu.