quinta-feira, julho 30, 2009

benfica

Acho que já disse que sou do Benfica e nunca é demais dizê-lo, como daquelas vezes em que não nos cansamos de dizer “amo-te” a uma pessoa, mesmo que esta já o saiba há muito. Porque nos dá gosto dizer “Benfica” como se fosse um “Amo-te” repetido até à exaustão. Porque ser do Benfica é dizer “Amo-te” muitas vezes. Porque é o amor que nos une e nos cega e nos faz dizer que não, não é penalty quando todos sabemos que foi, ali, à nossa frente, “com o diabo” dizemos, mesmo não o querendo admitir, “não é, não é” sabendo que estamos a mentir.

Fernando Alvim

2 comentários:

Gui disse...

Não concordo nada.

Coccinella disse...

Ah pois é :) Amo ser benfiquista, de coração. Sofremos até à exaustão, como se nos estivessem a roubar a alma. Mas quando é penalty eu admito, temos pena :)