sábado, agosto 22, 2009

alquimia do verbo

agora fiquei triste, realmente,
emudeci

o que esta boca sente
quando sorri!

o jardim está sem gente
e anda um vago sonho por aí

quando voltar a minha força ausente
hei-de pensar neste álibi.

Mário Cesariny

Sem comentários: