domingo, janeiro 17, 2010

ruptura

QUE RUPTURA É ESTA
QUE SE DESLOCA ENTRE GESTOS
INOCENTES
E IDEIAS VAGAS?
SÃO CORTES ABRUPTOS
DE CONVERSAS DE CAFÉ POR TER.


NÃO SE LIMPAM ARMAS,
ELOGIAM AS NAVALHAS QUE SAEM DO BOLSO,
E DIZ-SE ENTREDENTES
QUE A BATALHA VAI COMEÇAR,
E FICA-SE EM CASA FRENTE À TV
DESLIGADA.


TOMA UM LADO.
ESCOLHE.
QUE A HORA É DE TOMAR UM PARTIDO.


É RUPTURA. A QUE SE APROXIMA, SOB A FORMA DE UMA HORA.
QUE A INDEFERENÇA TEM LUGAR À MESA.
E, CONTUNDO, NÃO PERCEBO MAIS
DE QUEM É VERDADEIRAMENTE A CULPA
DESTA RUPTURA.
MINHA OU TUA?


SEI APENAS QUE NINGUÉM GANHA COM ESTE AFASTAMENTO.
COM ESTA RUPTURA.

Sem comentários: