quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Etiqueta de Ópera

1. Por favor chegue a horas. Esteja no seu lugar antes que a cortina suba. Então levante-se e saia.
2. Não pateie nem apupe antes do início do espectáculo. Isso apenas fará com que pareça tolo. Espere pelo menos quinze minutos. Isso fará com que pareça entendido.
3. Tente não falar durante o espectáculo: aguarde o intervalo. Esta regra não se aplica, evidentemente, se conhecer a pessoa com quem está a falar. Se o leitor é um dos membros do elenco, experimente cantar em vez de falar.
4. Regra geral, a morte dá-se muito devagar nos espectáculos de ópera; caso se sinta mal, é seguro esperar pelo intervalo antes de chamar uma ambulância.
5. Se ocorrer uma morte em palco, por favor seja paciente: não se manifeste antes que as luzes se apaguem por completo. No teatro de ópera, os moribundos chegam a reanimar-se três ou quatro vezes antes de por fim se finarem, e não é invulgar que um homem a quem partiram as pernas e deram três tiros nas têmporas assuma de novo, e por vários minutos, a posição erecta. Se as luzes se apagarem por completo e continuar a ouvir música, consulte urgentemente um oftalmologista.
6. Por favor não trauteie nem acompanhe a melodia com sussurros, a não ser que se chame Glenn Gould.
7. Não use leitores de mp3, ou outros aparelhos de emissão de som com auriculares, durante o espectáculo. Isso pode dar aos artistas a sensação de que não está interessado no seu desempenho. Os auscultadores impedi-lo-ão também de tomar nota do que vai acontecendo de forma a poder, mais tarde, denunciar fífias ao maestro e ao encenador.
8. Desligue telemóveis, pagers e outros aparelhos produtores de ruído. “A minha mãe pode precisar de me ligar” não é uma desculpa aceitável. Nos maiores teatros de ópera de certos países, contudo, o uso de armas é permitido. Informe-se das condições com antecedência.
9. Faça as suas necessidades antes da subida da cortina, ou ficará exposto perante toda a assistência.
10. Leia o enredo da obra antes de ir ver o espectáculo. Isso deve demorar entre um e três minutos para uma ópera de três horas e meia, contando com o tempo para ir buscar os óculos.
11. Dê livre azo às emoções que a música e o enredo lhe suscitarem. Isto é muito mais fácil de conseguir num camarote.
12. Deixe-se enlevar pela história e pela música. Desfrutará melhor o espectáculo se conseguir uma suspensão da realidade. Por favor note que o tempo diegético e o tempo real não têm a mesma duração. É bem possível que, ao sair do teatro de ópera, perceba que passaram vários anos e lhe nasceu um sem-número de filhos.
13. Não atire garrafas de água e outros objectos para o fosso da orquestra. Há pessoas lá dentro.

Bandeira in Bandeira ao Vento

Sem comentários: