domingo, fevereiro 28, 2010

história de amor XIX

como se chega a este ponto das nossas vidas onde o futuro é apenas um conceito enciclopédico?
em que momento das nossas vidas deixámos a paixão num triste banco de jardim?
porque deixei de ser o horizonte do teu coração?
respostas compram-se... mas não há supermercado que as venda.

Sem comentários: