segunda-feira, março 01, 2010

atenção.

abre bem os olhos e procura com cuidado.
onde parece que só vês o vazio,
há lá muito mais. muito mais.
há uma ligeira luz ao fundo.

é uma luminosidade ocre com sabor a calor de fim de tarde. que tu vês. ao fundo.

aproxima-te desse foco.
coloca-te debaixo ele.
então, dá a volta sobre ti mesma e percebe
que estás num palco nobre. feito bem à tua medida.
é a tua boca de cena.
é a tua vida. é a tua vida.


não temas o cenário volante.
não temas a insegurança e imprevisibilidade. da tua vida.
são apenas as cortinas de manobra que te confundem.
são apenas elas que te fazem esquecer
que este proscénio só tem espaço para os teus sorrisos. para as tuas vitórias. para as cenas encomendadas nos teus sonhos.

atenção.

dá um passo seguro. avança. outro passo. avança.
a luz enche agora toda a sala. todos te aplaudem de pé.
tu de frente para eles a escutar os conselhos que saem de cada palma.
tu e eles.
tu e eles.
cai o velário atrás de ti e tu desces confiante escadas abaixo.

não tenhas medo. é mais um ano. é um novo ciclo. mas é só mais um ano. só isso.

parabéns.

1 comentário:

Marília Gonçalves disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.