quarta-feira, abril 07, 2010

meu deus! meu messi!

Ontem soube-se, de vez, quem é o segundo maior futebolista de sempre: Lionel Messi. Acima, só Fred Astaire e o seu celebérrimo toque genial: saltar para as costas de um sofá, deixar este cair lentamente e sair do malabarismo com toda a elegância. Mas isso foi nos tempos em que o futebol era a preto e branco, os regulamentos modernos da FIFA não permitindo hoje a entrada de sofás em campo. Tirando Astaire, é Messi e nem falo dos seus quatro golos de ontem. Falo dele a aproximar-se de um colega caído no chão - o árbitro apitara falta a favor do Barcelona. Como mirone em lugar de acidente, Messi junta-se à multidão que por ali estacionava. Estavam todos ocupados com o trivial e vê-se o argentino a ser atingido por um raio cósmico e a dar a bola de bandeja a outro colega. Este não marcou porque se sobressaltou com a dança de São Vito de Messi, tal como todos em Camp Nou, os telespectadores e o cameraman. Fosse um acidente de estrada a sério e Messi teria fugido, tem cara para isso, com a carteira de um dos feridos. No relvado, ele conduz-nos à mesma exclamação: "Não é possível!" Mas é. Ao lado dele, joga um rapaz chamado Xavi que teria lugar em qualquer equipa do mundo. Mas ao ver a dupla Messi-Xavi ficamos com a sensação de que a dupla Messi-Medina Carreira também faria um Barcelona optimista.


Ferreira Fernandes in DN, 07 abr 10

ps: até com os comentários em turco os seus golos e jogadas são geniais. quanto à discussão se já é o melhor jogador do mundo... pode nunca vir a ser mas tenho muito mais prazer a vê-lo jogar do que tive ao ver Maradona. Sobretudo porque (excepto no 4ºgolo de ontem) ele passa a bola aos colegas, porque joga em equipa, porque ele é bom para cacete!

1 comentário:

il _messaggero disse...

quando sair do Barça, quando levar uma equipa às costas, quando ganhar um mundial e levar o país às costas, aí falaremos.


Isso não invalida que o anãozinho esteja a jogar muito e seja um dos melhores de sempre, mas convém ter algum distanciamento histórico.