segunda-feira, junho 28, 2010

o mundial por aqui (oitavos)

Alemanha - Inglaterra (4-1)
Um Rooney caído na desgraça é a previsão apocalíptica do anúncio da moda, e contudo parece que a História está mesmo em África para ser reescrita... 44 anos depois são os alemães que se ficam a rir. Parece que desta vez foi mesmo golo, todavia parece que não foi assinalado. As consequências são na realidade impossíveis de quantificar, pois se é verdade que animicamente a recuperação dum 2-0 seria importante, por outro lado em momento algum do jogo houve superioridade dos ingleses. Este jogo mostrou novamente duas ideias essenciais: que me deixei enganar pela muito boa qualificação dos britânicos, e que os alemães estão muito fortes. Defendem bem e atacam melhor. Lahm, Ozil e Mueller estão em grande forma e neste momento teriam certamente lugar no 11 do Mundial... mas ainda falta o mais difícil aos alemães.

Argentina - México (3-1)
O México não era o favorito para este jogo mas entrou a todo o vapor, com dois remates muito perigosos, a por os sul-americanos em sentido. A bola circulava rápido entre os jogadores argentinos e mexicanos e o golo podia surgir para qualquer equipa... calhou ser pelas mãos da de arbitragem. Mais um erro clamoroso dos (antigos) senhores vestidos de preto, e se este foi evidente. Poderia voltar à questão da justiça mas nem vale a pena dizer mais nada porque Osorio também decidiu errar e deu o segundo à Argentina. A partir dai ficou muito difícil a reviravolta para os mexicanos, mas não o bom espectáculo e a garantia de lutarem até ao fim pelo golo. Ele lá surgiu e podia mesmo ter vindo acompanhado com outro, só que não era dia para ter sorte. A Argentina prepara-se para a sua primeira final neste Mundial e confesso-me expectante e na dúvida, por um lado os sul-americanos eram uma das minhas selecções do coração, por outro a equipa alemã tem praticado um futebol de grande qualidade. Torço por quem?

Sem comentários: