quinta-feira, julho 22, 2010

histórias de amor XXIII

passei o dia a ver-te nos personagens que leio sem fim.

chega a noite. uma palavra. solidão.
                      uma dor. constante.

Sem comentários: