segunda-feira, julho 19, 2010

timor

Imagine uma rede de transportes sem veículos; cada peão movimenta o seu próprio cansaço. Não há aparelhos de rádio; não há ordem posterior à partida nem anúncio que preceda a chegada; chegou quem está, dos outros não se sabe. Não há estradas; por elas circula o inimigo. Assim Timor durante a ocupação; as Falintil, grupo de cruzados expulsos de Jerusalém, transformou-se numa organização de peregrinos. Cada guerrilheiro era um caminho de Santiago algo errático, convergindo numa basílica sagrada nos limites do mundo conhecido chamada Independência.

Pedro Rosa Mendes in Peregrinação de Enmanuel Jhesus

Sem comentários: