quinta-feira, outubro 07, 2010

I


Feliz ainda quem
Pode encontrar a porta
Chorar diante dela.

guillevic
sphère (1963)
vozes da poesia europeia III
traduções de david mourão ferreira
colóquio letras 165
fundação calouste gulbenkian
2003

via canal de poesia

Sem comentários: