sábado, março 05, 2011

que eu

não sei quantos passos mais
levam os meus sapatos.
não sei quantas mais montanhas,
daquelas feitas à tua medida,
poderei eu subir.
que eu só tenho uma pedra de calçada a fazer de coração
e uma casa velha para te aconchegar.

Sem comentários: