domingo, maio 08, 2011

"as notícias sobre a minha morte são manifestamente exageradas"


ou a minha história de um momento à la livreira anarquista, em plena feira do livro 2011:

freguês: pode-me dizer em que stand é que o jorge luis borges vai estar a dar autógrafos?

livreiro: creio que será engano. esse autor já está morto há mais de 20 anos...

freguês: ah. que chatice! obrigado à mesma.

e pensa o joão: no da servilusa?

Sem comentários: