segunda-feira, maio 02, 2011

space 2


Francesca Woodman

o obturador de niépce fecha imutavelmente as tuas respostas novas
numa daquelas folhas kodak compradas agora mesmo.
dizes que o teu espaço a preto e branco é parte de mim
e deixas-me entrar em ti.
somos assim, um amor simples e mecânico.
tal como naquela tarde quente de agosto em que caminhei pé-ante-pé na quinta
velha 
dos teus pais,
e tal como chamei niilistas às formas que se confundem
nos meus olhos
que são teus,
hoje somos um pouco mais espaço.
somos um espaço a dois.
um-espaço-dois.
assim, sem espaços.
porque somos a confusão do tempo com o espaço.
da palavra livre com a imagem presa.
porque somos.

Sem comentários: