sexta-feira, julho 01, 2011

assim-como-um-céu-cor-de-chuva

Quando o céu se cobre assim,
acinzentando o teu olhar meigo,
descubro que é hora de te roubar daqui.

Avanço o relógio de bolso até ao dia de ser feliz,
naquela terra nova,
que descreveste no teu último sorriso.

Compro um avião infantil,
no desprezado catálogo da La Redoute,
e voo contigo
até às quentes montanhas por detrás da Patagónia.

Sem comentários: