terça-feira, agosto 02, 2011

até já

deste nosso centro até ao fim do mundo são sempre mais passos dos que queres dar.
viras e reviras os lençóis
sorrindo na manhã enevoada.
prepara a mochila,
aumenta a passada,
arranca o carro,

que o mar está já aí.
hoje é verão
e os gelados são o teu único pecado.
são o doce prazer da criança
feita mulher.
canta o summertime e faz-me ver o dia. agora.

Sem comentários: