quinta-feira, setembro 29, 2011

«A Educação Sentimental dos Pássaros»


«O frio encolhia a tarde. Uma garoa triste ensopava os passeios, pingava das folhas das árvores, enredava‑se na roupa e nos cabelos. Zinho abrigou‑se um momento sob o toldo de um quiosque. Enquanto abotoava o casaco, reparou na manchete de um jornal: «Revoluções Online. As revoltas democráticas nos países do norte de África começaram na Internet». Desceu (deixou‑se descer) pela Avenida da Liberdade, pensando em como seria a sua vida se na manhã seguinte acordasse transformado num pombo. Esvoaçaria pelo Rossio. Comeria grãos de milho das mãos de uma velhinha vestida de preto. À noite procuraria um lugar abrigado e quente para dormir. Sacudiu a cabeça. Não gostaria de acordar transformado num pombo».

José Eduardo Agualusa [excerto do conto Enquanto o Fogo Avança]

Sem comentários: