quarta-feira, junho 20, 2012

Ilícitas são as drogas...

«Ao que o PÚBLICO apurou, o esboço proposto pelas duas técnicas sobre o caso considera que as ameaças admitidas pelo ministro de se queixar à ERC e aos tribunais se a jornalista Maria José Oliveira continuasse a fazer perguntas e a investigar o caso das “secretas”, no qual o nome de Miguel Relvas está envolvido, não podem ser consideradas pressões ilícitas, embora sejam moralmente condenáveis.»
(continuar a ler)

Se é apenas moralmente condenável, quiçá reprovável,  e ninguém se chateia realmente: carrega sr. ministro!

Sem comentários: