quinta-feira, julho 26, 2012

"Temos amantes de música a sério, que estão dispostos a passar alguns sacrifícios para ver e ouvir os seus ídolos."

O consórcio Arena Atlântico, constituído por Luís Montez, dono da Música no Coração, Álvaro Ramos, da Ritmos&Blues, e a actual equipa de gestão do Pavilhão Atlântico ganhou o concurso de compra daquele pavilhão, por 21,2 milhões de euros. 

Só um homem destes junta um dos piores locais para fazer um festival a um dos piores pavilhões para ouvir música. Parabéns!

Sem comentários: