terça-feira, setembro 04, 2012

hoje, como ontem. ou amanhã.

 o que é ser racional?
para mim (e infelizmente) é assumir que não somos um grande da europa. não somos grandes financeiramente nem em termos de resultados, já que em termos de história, mística e valores continuamos a ser dos maiores.
o Benfica é hoje um clube de dimensão média e por muito que nos custe - e custa- não pode recusar 20 milhões, quanto mais 40. é muito dinheiro. fizemos 2 vendas nas maiores 12. isso é brutal. além disso, valorizámos imenso dois jogadores. mas custa... eu sei.
não defendo esta direcção. fez e faz muita coisa mal, mas os tempos não são os dos anos 60. provas disso? quantos são sócios, quantos podem ser candidatos a eleições, quantos podem concorrer às eleições? pois. isto é como na política... fazemos pouco para mudar.
mas fazemos muito pelo Benfica. paradoxo? não! fazemos pelo Benfica quando vamos fora, falamos da história do clube ou discutimos o presente.
somos - tal como no passado quando se preparavam os jogos - parte do futuro. mas fazemos pouco pelo presente.
e o que quero dizer com isto? que é lixado perder javi ou witsel. será terrível perder aimar. mas o Benfica é mais. muito mais. que vamos ultrapassar. como ultrapassámos ser sextos.
a essência de um clube é muito maior do que uns jogadores que o abandonam ou uma direcção que não o respeita.
ontem, como hoje, ou amanhã, Benfica sempre.

Sem comentários: