quarta-feira, novembro 07, 2012

queres ver que os maias tinham razão?

O volume de negócios do sector livreiro português foi de 361 milhões de euros em 2010 e, apesar da quebra nos últimos anos, continua a ser “uma indústria cultural de grande relevância”, disse à Lusa o investigador José Soares Neves, do Observatório das Atividades Culturais (OAC). 

Sem comentários: