sexta-feira, dezembro 28, 2012

é tabu

Tabu (Miguel Gomes, 2012)

este tabu não tem razão de ser, este tabu não pode ser proibido nem proibitivo, este tabu é mais do que um filme. é muito mais do que o momento cinematográfico português de 2012. este é o assunto de que se deve falar, continuar a falar. proibam-se pois os silêncios e as ausências. é ver, é ver, camaradas, que a guerra ainda agora começou. ou então não. não há politica neste filme, a guerra é pouca e tudo é leve. levemente ausente. os sessenta, os setenta, não há tempo, não há regras, mas há amor, desregras e um preto e branco viciante. este não é um filme português. este é o cinema universal que tanto prezo, não há choradinhos nem pobreza artificial, há uma câmara de filmar e uma história para contar. e isso é tudo.

Sem comentários: