quinta-feira, fevereiro 28, 2013

tema aleatório #2

brasil. amarelo, verde, azul e branco. capoeira, futebol e dança. novela, literatura e cinema. brasil não é irmão, nem primo, nem afilhado. somos demasiado diferentes e ainda bem. alegria e tristeza, amazônia e cacém, favela e serra da estrela, vinicius e marco paulo, gil vicente e marcelo rossi. não somos irmãos, não, meu irmão. brasil, estás aí longe e eu assim apanhado de surpresa. o que escrever sobre o brasil? o que pensar sobre o brasil? passo a vida a falar na argentina, num sonho, num desejo, num querer, e esqueço-te. posso tratar-te por tu, brasil? «O sal das minhas lágrimas de amor Criou o mar que existe entre nós dois Para nos unir e separar Pudesse eu te dizer A dor que dói dentro de mim Que mói meu coração nesta paixão Que não tem fim Ausência tão cruel Saudade tão fatal Saudades do Brasil em Portugal». leio vinicius e sinto a sua voz bêbeda no meu ouvido. quem és tu, brasil? eu sei essa, cara, é a bossa nova que sempre tocou lá em casa. esquece a cor, o futebol, a capoeira, a novela, brasil é apenas e só uma coisa: música. brasil é o vinil de domingo na casa da minha avó. 

Sem comentários: