domingo, maio 26, 2013

tens o cavaco que mereces

somos todos estereótipos: eu, tu e o cavaco. não gostas assim tanto de futebol mas vês o jogo de outros, não lês notícias sobre o teu clube mas conheces a página três do jornal o benfica, não queres este presidente mas conheces e discutes tudo. tudo o que não é teu. hoje jogou o benfica, hoje tive um dos melhores dias de bola da minha vida de futebol. foi bom, foi divertido, foi sincero. não troco estes momentos por nada, e, contudo, descubro que não estive só. não falo dos amigos que estiveram ao meu lado na viagem, no transporte dos grelhados, da cerveja ou do estender do pic-nic-descartável, falo apenas dos outros. dos outros, dos que não estiveram lá, dos que não jogaram, nem estavam por nenhuma das equipas. hoje foi um dia lindo, um dia único, um dia especial, porque, felizmente, sei aproveitar estes momentos ao máximo. eu, a mariana, e os meus amigos (mesmo os que estão lá longe). hoje estou feliz. hoje perdi, fiquei lixado, muito,confesso, mas não sou um cavaco. não entro em palhaçadas, não gozo com a tristeza alheia nem digo que não me importo com o outro mas sorrio, rio e não gozo com a derrota alheia. todos têm o cavaco que merecem, sim, o cavaco. portugal é um país de cavacos, vivemos uma terra onde ninguém dá cavaco a ninguém e, todavia, todos olham para o terraço do vizinho. tenho pena. muita. gostava mesmo de viver num sítio onde cada um só pensasse no melhor para si, mas não. hoje sei que tens o cavaco que mereces. pois, então, fica com o cavaco que mereces e eu com o meu dia. obrigado, taça!

Sem comentários: