terça-feira, junho 18, 2013

As pedras que voam entre o ontem e o amanhã

Continuo a não ter a certeza de que as manifestações (e posteriores confrontos) na Turquia e no Brasil sejam resultado de uma súbita consciência político-social dos intervenientes e, sobretudo, que o amanhã seja melhor do que o ontem. Infelizmente, as posições defendidas nestes casos ficam quase sempre mal vistas na restante opinião pública e os resultados são por norma contraproducentes. Espero mesmo que desta vez seja diferente nos dois casos mas...

Sem comentários: