terça-feira, julho 23, 2013

distância

qual a distância de segurança? em que ponto se sente o choque? onde começa a fusão? ontem os corpos tocaram-se, hoje a matéria comprime-se, a dor invade-nos demoradamente. esquece  as imagens cinematográficas, as onomatopeias literárias, as previsões da tua mãe sobre a chegada deste dia no nosso calendário. é hora dos amigos se reunirem no café de sempre e, após um silêncio que rasga os olhares fraternos, engolirem em seco a cerveja que não veio para a mesa. qual a distância de segurança entre o abraço que demos e o que quero voltar a dar? em que ponto se sente o choque de te poder perder? onde começa a fusão entre medo, dor e esperança? não tenho respostas, vasco, mas estou aqui e acredito.

segunda-feira, julho 22, 2013

more than a sin city

«Portugal tornou-se um paraíso mundial de comportamentos desviantes e perversos.»
JCN (quem mais?) in DN

quinta-feira, julho 18, 2013

o homem certo no lugar certo

«Cavaco, o primeiro presidente a pisar a Selvagem Pequena, a pegar num calca-mar e a anilhar uma cagarra.» 

obs.: ou a prova de que o sr. silva é um homem talhado para fazer história.

terça-feira, julho 16, 2013

o eremita silva

Cavaco Silva irá embarcar quinta-feira no navio oceanográfico "Gago Coutinho", passando depois a noite na Selvagem Grande. 
Na sexta-feira de manhã regressará a Lisboa. Antecipada em um dia, a visita do Presidente da Republica ao extremo sul do Pais coincide com a discussão e votação da moção de censura ao governo apresentada por "os Verdes" na Assembleia da Republica e com os contactos entre partidos com vista a um acordo para o "compromisso de salvação nacional".

nota: é que isto das grandes cidades é uma confusão, então em dia de jogos ou de discussões na assembleia, upa, upa.

da outra vida

certo, errado, um pouco, mais ou menos. risca, sublinha, não apagues. lê, revê, coça os olhos e pergunta-te: o quê? vira a página, volta atrás, salta e passa. vai de zero a doze, vai de zero a vinte. positiva, negativa, à rasquinha. abre e fecha a loja, procura a próxima, e já nem sei do que se fala. deixa-te disso, agora não, que só voltamos em setembro.

sábado, julho 06, 2013

lost in translation

silêncio. minto, há um frenesim no frigorifico, um barulho constante, uma luz por acender. silêncio. onde estão as tuas perguntas? as minhas perguntas? as nossas respostas? silêncio, a palavra que não fica ali, entre o carinho e a atenção. devias estar aqui, sabes? ser um pré-, um pós- e um in between. onde estás tu? onde estamos? longe. e isso não faz sentido. quero os nossos silêncios. simples como antes. sem ataques, sem histórias. quero o ontem feito 11:59 pm.

sexta-feira, julho 05, 2013

Regresso das Prostitutas



Já se esquecera a que sabia o sémen
de um estranho. E agora, que voltava
sem querer às ruas vermelhas, quase se
arrependia de ter apagado tão depressa
o nojo e a indecência nos caracóis de

um menino que haveria de ser sempre
só dela. E como lhe parecia igualmente
viscoso e escorregadio o dinheiro que no
fim lhe entregavam dobrado e à pressa –
tão diferente do cartão limpinho com que

as senhoras lhe tinham pago vestidos ao
balcão, na loja que agora dava pena, assim
entaipada. Ai, se o menino soubesse que

era ainda nele e nas suas brincadeiras que
pensava quando agachada ali, diante de um
estranho, abria a boca e fechava os olhos.
Maria do Rosário Pedreira
Abril de 2013 in Carrossel

quinta-feira, julho 04, 2013

"eu quase casei com o psd"



ou então "quando houver um primeiro ministro centrista, tu vais ser seduzível". isto da ironia é mesmo uma coisa divertida, não é?

quarta-feira, julho 03, 2013

"o seguro morreu de velho"

ó maria, é que já nem ando a dormir a sesta sossegado, é melhor evitar (link) confusões (link).

p.s.: então o que é que o seguro tem a ver com isto? nada, ele nunca tem.

dos sinais de perigo


O ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, cancelou, nesta quarta-feira, as reuniões diárias com os jornalistas até a situação política estar esclarecida.

terça-feira, julho 02, 2013

Where can I find a taxi stand?

Agência Funerária Pedro Lomba, Lda.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, apresentou hoje o seu pedido de demissão ao primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

nota: yo no creo en pedro lomba pero que...

segunda-feira, julho 01, 2013

dos dias que correm


 Linda Martini, Ratos

vitória de pirro?


hoje saiu o sr. fanático do excel e conheceremos nos próximos dias o próximo tarado (paulo macedo?) com o relógio ajustado por bruxelas. em termos simbólicos é apenas e só uma das mudanças mais aguardadas dos últimos dois anos. porém, o que mais me preocupa é que o mais provável é que seja uma mera vitória de pirro e as alterações nas politicas económicas e fiscais ocorram de forma tão residual que nem sejam sentidas. há que acreditar que enquanto «houver estrada pra andar a gente vai continuar».

adenda: maria luís albuquerque? really? infelizmente, tive razão. uma vitória de pirro, uma vitória da pouca vergonha.