terça-feira, julho 16, 2013

da outra vida

certo, errado, um pouco, mais ou menos. risca, sublinha, não apagues. lê, revê, coça os olhos e pergunta-te: o quê? vira a página, volta atrás, salta e passa. vai de zero a doze, vai de zero a vinte. positiva, negativa, à rasquinha. abre e fecha a loja, procura a próxima, e já nem sei do que se fala. deixa-te disso, agora não, que só voltamos em setembro.

Sem comentários: