quinta-feira, novembro 13, 2014

XIII

o pedro está mal, está muito pior. já mal anda, custa-lhe  respirar e começou a perder o sentido de humor. hoje enviei-lhe uma flor-de-palhaço vermelha, igual à que me deu há apenas dois meses, e, contudo, os seus olhos não brilharam. o pedro está cinzento, é um fantasma daquele que aprendi a amar em tão pouco tempo. sei que não vou mais ouvir os seus passos nos corredores e que ele será mais um fantasma na minha vida. o pedro está a morrer e deixa-me cá sozinha. o pedro está morto e eu também.

1 comentário:

Leididi disse...

:´) que bonito, tibas